segunda-feira, março 27, 2006

Sinto falta

Sinto falta do abraço que nunca pedi, do beijo que nunca roubei, do carinho que nunca dei...
Sinto a falta de palavras que nunca disse, de gestos que nunca fiz, sinto a falta de tudo o que não vivi...
Sinto a falta de quem podia ter sido, mas já não posso... do que nunca me dei conta de querer senão agora que não posso mais recuperá-lo...
Sinto a falta das noites em que olhava para a lua e via um coração procurando o meu... agora olho para o céu e só me devolve o meu reflexo.

18 comentários:

pexeseco disse...

Bom Dia!
Que mais posso dizer...?
LiiiiiiiiiiiNDO!
B'jocas

Bord@s disse...

So many regrets...

A little wisper "Never give up!"

Mostra tudo aquilo que és, sentes, dá vida a esse sentimento que te acanha ;)

Beijinhos

mayda disse...

lindo post...faz nos pensar...parabéns...

Anónimo disse...

Bem Karla, mais um poema com grande nivel, tambem vindo te ti nao podiamos esperar outra coisa...
Mostraste mais uma vez o coraçao maravilhoso k tens...
És sempre muito especial :)
Beijinho doce amiga...

karla disse...

obrigada pela vossa 1ª visita, pexeseco e mayda, fixo feliz por saber k gostarm deste meu cantinho... :)

Bord@s, obrigado pelo teu conselho... ;)

jm disse...

Nós estamos, em cada momento, a tentar fazer o melhor que sabemos!
Às vezes, há uma parte de nós que sabe exactamente como agir, mas que tendemos a ignorá-la e a não lhe dar ouvidos...na altura certa!
Por isso, às vezes perdem-se oportunidades!
Mas tu que sabes tão bem transmitir e expressar os teus sentimentos, sabes também como fazê-los...acontecer!
E nada, mas mesmo nada é irreversível, portanto...
Até porque o que é realmente importante não se perde... o coração guarda Sempre o que se nos escapa...das mãos!
Ganda posta esta, mas isso até já não é de estranhar…lol
Bjs

always in love disse...

Ui...
tanta coisa que poderia ter sido feita e, ou por falta de coragem, ou devido a uma desculpa qualquer ficou por fazer...
e depois lá se vão as oportunidades...
e assim nunca saberemos o que aconteceria se...
enfim, a vida é isto... será???
a maior parte das vezes é aquilo que fazemos dela, por isso vamos lá aproveitar todas as oportunidades, elas podem surgir apenas uma vez na vida...
Ficou bem a música aqui! ;)
Kisses

marco disse...

o k te posso dizer? secalhar que é um pouco tarde para recuperares..eu bem te disse para me amares, tu nao quiseste, agora, nao quero eu...tou brincar!!!!beijoca

karla disse...

tens razao no k dizes, always in love, ktas oportunidades as vezes nos passam ao lado...
a musica foi 1 das mhs ultimas actualizaçoes, tb acho k fike bem... :)

e tu, marco, entao? achas k e tarde? lol

beijinhos

marco disse...

axo..que é tarde..sao 13h25

JB disse...

Às vezes até o sonho nos escapa das mãos...

Se deixamos de sonhar, morremos.
Não deixes de sonhar e de acreditar.

Daniela Mann disse...

Muito obrigada Karla!
Deu uma trabalheira, mas senti que estava na altura de "mudar de ares"!
Ainda bem que gstaram!
Beijinhos,
Daniela Mann

Para ti disse...

Saudades do que nunca se teve...sei como é, passei por lá...mas, felizmente tudo pode mudar!
Serás sempre vem vinda ao "á flor da pele", até porque, eu voltarei :))
Deixo-te outro canto, onde gostarei de te receber...

JC disse...

lindo!!! e de se ler e se ficar sem palavras...
Mas o mundo é uma casa cheia de portas,
cada um de nós tem o poder de as fechar ou abrir,
a chave para abrir é:
o amor, a compreensão, o respeito, a caridade e o perdão.
a chave para fechar é:
a intolerância, a falta de amor, o desrespeito, a falta de compreensão, a inveja e o ciúme.
não feches as tuas portas, pois tu, só vieste ao mundo porque alguém deixou as portas abertas.
a esse amor..., não deixes k a porta se feche...
Bj

terragel disse...

KARLA, lindo tudo isso, assim que me sinto as vezes, sentindo que faltou conhecer alguém, mas quem? Mesmo assim eu sinto a falta dela.
Adorei teu texto, muito bem escrito e de muito bom gosto, só tem uma palavra a dizer. PARABENS.
Bjs

Delfim Peixoto disse...

Saudade é dôr mas pode ser também um cheirinho de felicidade...só se tem saudade do que se gostou...
É?

mixtu disse...

passeando pelo teu blog, resolvo comentar neste teu post... muy hermoso, lleno de sensibilidad
besitos

Lurdes disse...

Karla, estou vidrada no teu blog! Vi a tua primeira página e não resisti ler-te do início, como já reparaste pelos comentários que deixei. A música também ajuda, não aprecio a Britney mas esta música é fabulosa!
Este texto é teu?! É soberbo!!! Dizes tanto aqui...
Parabéns!
Beijinhos